Crise hídrica – A parte de cada um

Veja o que o seu condomínio e você condômino podem fazer

A crise de falta de água tem afetado a todos pois trata-se de um bem fundamental para a vida. Sem água não sobrevivemos. Cabe ao governo realizar investimentos e obras para melhorar a capacidade de armazenamento, distribuição e de fornecimento e a cada um de nós tomarmos todas as medidas visando racionalizar o uso deste bem tão precioso e finito.

Da parte do condomínio algumas medidas básicas devem ser adotadas, de imediato

  • substituir a lavagem de grandes áreas, como garagens, quadras de esporte, pelas varrições;
  • a utilização de panos umedecidos na limpeza de halls;
  • o tratamento da piscina deve ser revisto junto há um profissional da área para minimizar ou espaçar aquelas rotinas que podem gerar perdas de água;
  • a rega dos jardins ser feita com regadores e não mais mangueiras, priorizando-se plantas que sejam mais sensíveis. Neste caso o jardineiro pode ser uma boa fonte de consulta.

Aos moradores cabem a tomada de medidas que, com certeza, irão representar a economia mais significativa, pois em média, 80% do consumo de água em um condomínio está dentro das unidades

  • na hora do banho: para quem usa chuveiro elétrico, feche-o para se ensaboar – para quem usa aquecedores de passagem, use um balde para coletar a água fria que cai, enquanto espera a água aquecer. Esta água poderá ser utilizada para descarga, lavagem de outras áreas;
  • escove os dentes, faça a barba com a torneira fechada;
  • reuse a água descartada pela máquina de lavar roupas para a lavagem de pisos, áreas de serviço;
  • fique atento a qualquer tipo de vazamento – torneiras, registros, caixa de descarga – reparando-os rapidamente;

Nos condomínios construídos mais recentemente há possibilidade de serem instalados relógios para medição individualizada e os moradores poderem acompanhar se as medidas de economia adotadas estão gerando um resultado satisfatório.

A maioria dos prédios, infelizmente, não possuem essa possibilidade por questões de ordem construtiva e precisam trabalhar com a conscientização, através de campanhas, avisos nos quadros, elevadores e todos os meios de comunicação disponíveis.

Economia – racionalização do uso da água – mudança de hábitos, é a nova ordem.

A Adilson Attini Assessoria Imobiliária pode te ajudar, seja como administradora de condomínio ou síndico profissional, entre em contato e saiba mais.